XXVI JORNADA DO GELNE: Simpósios Temáticos

xxvi-jornada-bannerO coordenador do Laboratório de Leitura e Produção Textual (LPT), Prof. Dr. José Ribamar Lopes Batista Júnior, e a colaboradora permanente do LPT, Profa. Dra. Denise Tamaê (UnB), tiveram suas propostas de Simpósio Temático aprovadas para a 26ª Jornada do Grupo de Estudos Linguísticos do Nordeste (GELNE), a ser realizada no Hotel Gold Tulip Palace, na cidade de Recife, no período de 11 a 14 de outubro de 2016.

As propostas contaram com a parceria do Prof. Dr. Vicente Lima-Neto, da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), e da Profa. Dra. Maraísa Lopes, da Universidade Federal do Piauí (UFPI).

Conheçam as propostas:

Simpósio Temático: A escola em tempos digitais – Ensino de Línguas e tecnologias

Área Temática: Gêneros textuais e Letramentos

Coordenadores: Vicente de Lima-Neto (UFERSA) e José Ribamar Lopes Batista Júnior (UFPI/LPT)

O conceito de escola e de prática educacional tem mudado nas últimas décadas. Em trinta anos, a escola saiu da formação erudita para a construção de habilidades. Nesse caminho, a participação dos indivíduos em práticas tecnológicas e digitais passou a ganhar ênfase, na medida em que diferentes grupos antes excluídos agora se encontram contemplados por políticas públicas de educação. Assim, a construção de caminhos para a atuação profissional constituem uma necessidade e um desafio ao qual o pensar pedagógico deve oferecer soluções. Para tanto, tecnologias digitais, práticas e concepções de ensino estão resultando em práticas educacionais cada vez mais emancipatórias e participativas. Ante a complexidade do fluxo de informações e a capacidade de influenciar hábitos promovidos pelas tecnologias, novos gêneros textuais são produzidos para atender às novas demandas. Para encurtar as fronteiras entre escola e sociedade, os usos digitais da leitura e da escrita vêm sendo a principal ferramenta nesse processo que tanto é inclusivo como capacitador. A vida digital e os usos dos textos digitais atravessam as práticas concretas em sincronismo e concretude e permitem, assim, a confluência de esforços no campo da leitura e da escrita, na medida em que a escola dá contornos sociais significativos ao fazer estudantil. Os projetos de letramento associados às tecnologias oferecem a possibilidade de extrapolar o tempo de execução, além de requerer pouco ou nenhum recurso financeiro. Os celulares assumem funções primordiais, e os hábitos, culturas e modos de trabalho passam por meio dessa ferramenta a serem compartilhados em tempo real. Nesse sentido, este simpósio pretende reunir pesquisadores e professores empenhados na articulação entre tecnologias e usos digitais nas escolas, envolvidos com práticas multiletradas, vinculados a diferentes vertentes teóricas, que tenham como objetivo compartilhar experiências ou propor avanços teóricos ou epistemológicos para o ensino de línguas (materna e estrangeira).

Simpósio Temático: Linguagem e exclusão: análises das práticas discursivas

Área Temática: Análise do Discurso

Coordenadoras: Denise Tamaê Borges Sato (UnB) e Maraisa Lopes (UFPI)

A Análise de Discurso no Brasil tem ganhado espaço ao focar as relações entre linguagem, mídia e sociedade. Por ser uma disciplina de entremeio, a Análise de Discurso tem mantido relações com outros campos, tais como o da Educação, da Etnografia, da Sociologia, da Linguística Aplicada, da Literatura, das Ciências Políticas, da Retórica, da Comunicação Social, etc, naquilo que se refere à preocupação com os efeitos de sentido produzidos pelos discursos e constitutivos do imaginário social acerca da temática da inclusão/exclusão. De forma produtiva, a compreensão dos fenômenos subjacentes às práticas discursivas que (re)produzem as relações de força em nossa sociedade pode ser realizada a partir da Análise de Discurso, contribuindo para a construção de posições sujeito e formas emancipatórias de se relacionar com a mídia e com a sociedade. Levando em consideração os usos linguísticos cada vez mais multimodais, o presente simpósio propõe o diálogo entre pesquisadores da área interessados nas relações entre discurso sobre a inclusão/exclusão e as mais diferentes formas de superação de estigmas, de dominação, de discriminação e de difusão ideológica. O simpósio, por meio da divulgação de pesquisas que exploram a temática de grupos excluídos ou em desvantagem social, pretende lançar luzes sobre as diferentes formas de exclusão, bem como promover o debate acerca de como a compreensão discursiva dos sentidos postos pode ser revelante para a proposição de ações de pesquisa e educacionais que garantam a superação de tais processos excludentes. Desta forma, o simpósio pretende reunir trabalhos transdisciplinares ou interdisciplinares que tenham por base a Análise de Discurso em sua relação com práticas excludentes existentes em nossa sociedade e veiculadas pela mídia.

Para realizar a sua inscrição, acesse aqui a página do evento.

About labprotextual

Laboratório Experimental de Ensino e Pesquisa em Leitura e Produção Textual do Colégio Técnico de Floriano da UFPI sob coordenação do Prof. José Ribamar Lopes Batista Júnior. Colaboradora: Prof. Denise Tamaê Borges Sato (Governo do Goiás)

Posted on 24 de Abril de 2016, in Sem categoria. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s