XXVI JORNADA DO GELNE: Simpósios Temáticos

xxvi-jornada-bannerO coordenador do Laboratório de Leitura e Produção Textual (LPT), Prof. Dr. José Ribamar Lopes Batista Júnior, e a colaboradora permanente do LPT, Profa. Dra. Denise Tamaê (UnB), tiveram suas propostas de Simpósio Temático aprovadas para a 26ª Jornada do Grupo de Estudos Linguísticos do Nordeste (GELNE), a ser realizada no Hotel Gold Tulip Palace, na cidade de Recife, no período de 11 a 14 de outubro de 2016.

As propostas contaram com a parceria do Prof. Dr. Vicente Lima-Neto, da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), e da Profa. Dra. Maraísa Lopes, da Universidade Federal do Piauí (UFPI).

Conheçam as propostas:

Simpósio Temático: A escola em tempos digitais – Ensino de Línguas e tecnologias

Área Temática: Gêneros textuais e Letramentos

Coordenadores: Vicente de Lima-Neto (UFERSA) e José Ribamar Lopes Batista Júnior (UFPI/LPT)

O conceito de escola e de prática educacional tem mudado nas últimas décadas. Em trinta anos, a escola saiu da formação erudita para a construção de habilidades. Nesse caminho, a participação dos indivíduos em práticas tecnológicas e digitais passou a ganhar ênfase, na medida em que diferentes grupos antes excluídos agora se encontram contemplados por políticas públicas de educação. Assim, a construção de caminhos para a atuação profissional constituem uma necessidade e um desafio ao qual o pensar pedagógico deve oferecer soluções. Para tanto, tecnologias digitais, práticas e concepções de ensino estão resultando em práticas educacionais cada vez mais emancipatórias e participativas. Ante a complexidade do fluxo de informações e a capacidade de influenciar hábitos promovidos pelas tecnologias, novos gêneros textuais são produzidos para atender às novas demandas. Para encurtar as fronteiras entre escola e sociedade, os usos digitais da leitura e da escrita vêm sendo a principal ferramenta nesse processo que tanto é inclusivo como capacitador. A vida digital e os usos dos textos digitais atravessam as práticas concretas em sincronismo e concretude e permitem, assim, a confluência de esforços no campo da leitura e da escrita, na medida em que a escola dá contornos sociais significativos ao fazer estudantil. Os projetos de letramento associados às tecnologias oferecem a possibilidade de extrapolar o tempo de execução, além de requerer pouco ou nenhum recurso financeiro. Os celulares assumem funções primordiais, e os hábitos, culturas e modos de trabalho passam por meio dessa ferramenta a serem compartilhados em tempo real. Nesse sentido, este simpósio pretende reunir pesquisadores e professores empenhados na articulação entre tecnologias e usos digitais nas escolas, envolvidos com práticas multiletradas, vinculados a diferentes vertentes teóricas, que tenham como objetivo compartilhar experiências ou propor avanços teóricos ou epistemológicos para o ensino de línguas (materna e estrangeira).

Simpósio Temático: Linguagem e exclusão: análises das práticas discursivas

Área Temática: Análise do Discurso

Coordenadoras: Denise Tamaê Borges Sato (UnB) e Maraisa Lopes (UFPI)

A Análise de Discurso no Brasil tem ganhado espaço ao focar as relações entre linguagem, mídia e sociedade. Por ser uma disciplina de entremeio, a Análise de Discurso tem mantido relações com outros campos, tais como o da Educação, da Etnografia, da Sociologia, da Linguística Aplicada, da Literatura, das Ciências Políticas, da Retórica, da Comunicação Social, etc, naquilo que se refere à preocupação com os efeitos de sentido produzidos pelos discursos e constitutivos do imaginário social acerca da temática da inclusão/exclusão. De forma produtiva, a compreensão dos fenômenos subjacentes às práticas discursivas que (re)produzem as relações de força em nossa sociedade pode ser realizada a partir da Análise de Discurso, contribuindo para a construção de posições sujeito e formas emancipatórias de se relacionar com a mídia e com a sociedade. Levando em consideração os usos linguísticos cada vez mais multimodais, o presente simpósio propõe o diálogo entre pesquisadores da área interessados nas relações entre discurso sobre a inclusão/exclusão e as mais diferentes formas de superação de estigmas, de dominação, de discriminação e de difusão ideológica. O simpósio, por meio da divulgação de pesquisas que exploram a temática de grupos excluídos ou em desvantagem social, pretende lançar luzes sobre as diferentes formas de exclusão, bem como promover o debate acerca de como a compreensão discursiva dos sentidos postos pode ser revelante para a proposição de ações de pesquisa e educacionais que garantam a superação de tais processos excludentes. Desta forma, o simpósio pretende reunir trabalhos transdisciplinares ou interdisciplinares que tenham por base a Análise de Discurso em sua relação com práticas excludentes existentes em nossa sociedade e veiculadas pela mídia.

Para realizar a sua inscrição, acesse aqui a página do evento.

About labprotextual

Laboratório Experimental de Ensino e Pesquisa em Leitura e Produção Textual do Colégio Técnico de Floriano da UFPI sob coordenação do Prof. José Ribamar Lopes Batista Júnior. Colaboradora: Prof. Denise Tamaê Borges Sato (Governo do Goiás) Apoio: CNPq e Parábola Editorial

Posted on 24 24+00:00 Abril 24+00:00 2016, in Sem categoria. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s