Retrospectiva 2013

O ano de 2013 foi importante para a consolidação do Laboratório de Leitura e Produção Textual (LPT) do Colégio Técnico de Floriano (CFT), que integra a Universidade Federal do Piauí (UFPI): um espaço físico específico foi destinado pela instituição para a realização das atividades e/ou projetos de ensino e pesquisa.

O laboratório disponibiliza a alunos e professores, atualmente, computador (com acesso à internet), dois armários, duas estantes de ferro, uma mesa para reuniões, 455 livros, 80 DVDs, mesa de som e microfones. “Com essa estrutura, observamos o engajamento dos alunos nas atividades promovidas, bem como no incentivo para a realização de leituras. Além disso, facilitou as reuniões do grupo de pesquisa”, destaca o coordenador do LPT, professor José Ribamar Lopes Batista Júnior.

Em dezembro de 2013, o professor Ribamar Batista concluiu Doutorado em Linguística pela Universidade de Brasília (UnB) e lançou, em parceria com a professora e colaboradora Denise Tamaê Borges Sato, o livro “Contribuições da Análise de Discurso Crítica no Brasil: uma homenagem à Izabel Magalhães”.

Rádio escolar

Em setembro, o LPT iniciou as atividades da Radiotec, a rádio escolar do CTF, uma nova ferramenta de comunicação entre os alunos, professores, funcionários e a comunidade em geral. A equipe é formada por alunos e voluntários do Ensino Médio, Técnico e Superior, que realizam todo o trabalho de definição das pautas, gravação e edição dos programas, sob a supervisão do professor Ribamar Batista.

Radiotec

Logomarca e slogn da Radiotec.

Com as turmas de 1º ano de Agropecuária e Informática, o LPT realizou a 3ª edição do “Pipoca Cultural“, cuja novidade foi a produção de vídeos de até 90 segundos. Algumas dicas do Pipoca Cultural foram apresentadas na Radiotec como estratégia de valorização da produção dos alunos durante o projeto.

Os discentes também participaram da 2ª edição do (Re)Descobrindo os Clássicos, evento que consiste na leitura e discussão de adaptações de clássicos da literatura brasileira e portuguesa. A inovação da edição foi a produção de paródias e maquetes, apresentadas durante um sarau literário.

Prof. Ribamar Batista e os/as alunos/as que apresentaram o livro A prima de um amigo meu.

Prof. Ribamar Batista e os/as alunos/as que apresentaram o livro A prima de um amigo meu.

E-book e criticidade

As turmas de 2º ano de Agropecuária e Informática, no primeiro semestre, trabalharam o gênero textual crônica e produziram um e-book com a temática sobre bar, a ser lançado em fevereiro de 2014. O livro será publicado na plataforma Youpublisher (ainda em formatação), um serviço web que permite a publicação de textos PDF em formato de livro, ou seja, transforma documentos em revistas digitais, permitindo que qualquer usuário acesse com o navegador web o conteúdo disponibilizado. Após o lançamento, a obra será disponibilizada para download no site do laboratório.

No segundo semestre, aconteceu a 2ª edição do Polêmicas em Debate, projeto para a discussão de temas de grande repercussão. Os alunos do 2º ano de Agropecuária e Informática assumiram os papeis de mediadores, debatedores e articulistas. Além disso, um grupo de sete alunos foi o responsável pela divulgação e organização. Os debates, abertos ao público, foram realizados no auditório da UFPI, campus Floriano, nos dias 21 e 28/10 e 11 e 18/11, com a presença dos alunos do 1º e 3º anos, bem como dos cursos de Administração, Pedagogia e Ciências Biológicas e pessoas da comunidade florianense.

Debate realizado no dia 18 de novembro de 2013.

Debate realizado no dia 18 de novembro de 2013.

Os alunos discutiram temas como a restrição à propaganda de bebidas alcoólicas, a legitimidade do trabalho de crianças e adolescentes menores de 14 anos e a possibilidade de ingresso de detentos, que cumprem pena em regime fechado, no ensino superior. “Esta edição teve maior repercussão que a primeira, tanto nos corredores do CTF, Restaurante Universitário e, principalmente, nas redes sociais”, relata o professor Doutor Ribamar Batista.

Para encerrar as atividades, ainda com as turmas do 2º ano, os alunos estudaram e produziram charges, que exploraram temas como a copa do mundo de futebol, o restaurante universitário, o preconceito, a sustentabilidade e o preço da gasolina.

Cidadania

O LPT também promoveu o projeto “Ação Legal”, em sua primeira edição realizada com as turmas de 3º ano. O projeto tem por objetivo fomentar atividades de engajamento social visando o exercício pleno da cidadania; estimular a participação social organizada entre os jovens do ensino técnico/tecnológico de Floriano; e promover a cultura e a identidade cidadã por meio da leitura e produção de diferentes gêneros discursivos orais e escritos. Você pode conferir as fotos das ações na página do Laboratório no Flickr.

As campanhas desenvolvidas com a comunidade em geral, por meio de ações de vinte minutos no pátio do CTF, trabalharam temas como o uso do capacete, a obesidade, a sustentabilidade, a prevenção ao uso de drogas e ao contágio de doenças sexualmente transmissíveis dentre outros.

Desfile com vários personagens.

Desfile promovido pela campanha Jovem Prudente, Sexo Consciente.

Produção científica

Hoje, o LPT conta com três projetos de Iniciação Científica Júnior (Pibic Jr) – integrados ao projeto Múltiplos Letramentos na Educação Profissional e Tecnológica, 12 bolsistas Pibic (UFPI e Fapepi) e 18 voluntários na Radiotec.

Reunião com bolsistas Pibic Jr e gravação de programas da Radiotec.

Reunião com bolsistas Pibic Jr e gravação de programas da Radiotec.

O bolsista Welton de Sousa Batista, do 3º ano de Informática, participou, em novembro, do 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação & do 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias, na Universidade Federal do Pernambuco, na cidade do Recife. Ele apresentou um trabalho com o tema “Aprendendo com texto, som e imagem: redes sociais, produtos culturais e letramento digital na sala de aula”, resultado da sua pesquisa PIBIC.

Bolsista Welton Batista (à esq) e o coordenador do Laboratório Ribamar Batista em Congresso na cidade do Recife/PE.

Bolsista Welton Batista (à esq) e o coordenador do Laboratório, Ribamar Batista, em Congresso na cidade do Recife/PE.

Novas ações

Para 2014, a expectativa é equipar o LPT com dez computadores para a realização de oficinas de leitura e escrita, bem como o pleno funcionamento da biblioteca com empréstimos de livros para alunos do CTF e a comunidade em geral.

* Com colaboração do jornalista Luís Gustavo.

About labprotextual

Laboratório Experimental de Ensino e Pesquisa em Leitura e Produção Textual do Colégio Técnico de Floriano da UFPI sob coordenação do Prof. José Ribamar Lopes Batista Júnior. Colaboradora: Prof. Denise Tamaê Borges Sato (Governo do Goiás) Apoio: CNPq e Parábola Editorial

Posted on 17 17+00:00 Janeiro 17+00:00 2014, in Sem categoria. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s