Retrospectiva 2013

O ano de 2013 foi importante para a consolidação do Laboratório de Leitura e Produção Textual (LPT) do Colégio Técnico de Floriano (CFT), que integra a Universidade Federal do Piauí (UFPI): um espaço físico específico foi destinado pela instituição para a realização das atividades e/ou projetos de ensino e pesquisa.

O laboratório disponibiliza a alunos e professores, atualmente, computador (com acesso à internet), dois armários, duas estantes de ferro, uma mesa para reuniões, 455 livros, 80 DVDs, mesa de som e microfones. “Com essa estrutura, observamos o engajamento dos alunos nas atividades promovidas, bem como no incentivo para a realização de leituras. Além disso, facilitou as reuniões do grupo de pesquisa”, destaca o coordenador do LPT, professor José Ribamar Lopes Batista Júnior.

Em dezembro de 2013, o professor Ribamar Batista concluiu Doutorado em Linguística pela Universidade de Brasília (UnB) e lançou, em parceria com a professora e colaboradora Denise Tamaê Borges Sato, o livro “Contribuições da Análise de Discurso Crítica no Brasil: uma homenagem à Izabel Magalhães”.

Rádio escolar

Em setembro, o LPT iniciou as atividades da Radiotec, a rádio escolar do CTF, uma nova ferramenta de comunicação entre os alunos, professores, funcionários e a comunidade em geral. A equipe é formada por alunos e voluntários do Ensino Médio, Técnico e Superior, que realizam todo o trabalho de definição das pautas, gravação e edição dos programas, sob a supervisão do professor Ribamar Batista.

Radiotec

Logomarca e slogn da Radiotec.

Com as turmas de 1º ano de Agropecuária e Informática, o LPT realizou a 3ª edição do “Pipoca Cultural“, cuja novidade foi a produção de vídeos de até 90 segundos. Algumas dicas do Pipoca Cultural foram apresentadas na Radiotec como estratégia de valorização da produção dos alunos durante o projeto.

Os discentes também participaram da 2ª edição do (Re)Descobrindo os Clássicos, evento que consiste na leitura e discussão de adaptações de clássicos da literatura brasileira e portuguesa. A inovação da edição foi a produção de paródias e maquetes, apresentadas durante um sarau literário.

Prof. Ribamar Batista e os/as alunos/as que apresentaram o livro A prima de um amigo meu.

Prof. Ribamar Batista e os/as alunos/as que apresentaram o livro A prima de um amigo meu.

E-book e criticidade

As turmas de 2º ano de Agropecuária e Informática, no primeiro semestre, trabalharam o gênero textual crônica e produziram um e-book com a temática sobre bar, a ser lançado em fevereiro de 2014. O livro será publicado na plataforma Youpublisher (ainda em formatação), um serviço web que permite a publicação de textos PDF em formato de livro, ou seja, transforma documentos em revistas digitais, permitindo que qualquer usuário acesse com o navegador web o conteúdo disponibilizado. Após o lançamento, a obra será disponibilizada para download no site do laboratório.

No segundo semestre, aconteceu a 2ª edição do Polêmicas em Debate, projeto para a discussão de temas de grande repercussão. Os alunos do 2º ano de Agropecuária e Informática assumiram os papeis de mediadores, debatedores e articulistas. Além disso, um grupo de sete alunos foi o responsável pela divulgação e organização. Os debates, abertos ao público, foram realizados no auditório da UFPI, campus Floriano, nos dias 21 e 28/10 e 11 e 18/11, com a presença dos alunos do 1º e 3º anos, bem como dos cursos de Administração, Pedagogia e Ciências Biológicas e pessoas da comunidade florianense.

Debate realizado no dia 18 de novembro de 2013.

Debate realizado no dia 18 de novembro de 2013.

Os alunos discutiram temas como a restrição à propaganda de bebidas alcoólicas, a legitimidade do trabalho de crianças e adolescentes menores de 14 anos e a possibilidade de ingresso de detentos, que cumprem pena em regime fechado, no ensino superior. “Esta edição teve maior repercussão que a primeira, tanto nos corredores do CTF, Restaurante Universitário e, principalmente, nas redes sociais”, relata o professor Doutor Ribamar Batista.

Para encerrar as atividades, ainda com as turmas do 2º ano, os alunos estudaram e produziram charges, que exploraram temas como a copa do mundo de futebol, o restaurante universitário, o preconceito, a sustentabilidade e o preço da gasolina.

Cidadania

O LPT também promoveu o projeto “Ação Legal”, em sua primeira edição realizada com as turmas de 3º ano. O projeto tem por objetivo fomentar atividades de engajamento social visando o exercício pleno da cidadania; estimular a participação social organizada entre os jovens do ensino técnico/tecnológico de Floriano; e promover a cultura e a identidade cidadã por meio da leitura e produção de diferentes gêneros discursivos orais e escritos. Você pode conferir as fotos das ações na página do Laboratório no Flickr.

As campanhas desenvolvidas com a comunidade em geral, por meio de ações de vinte minutos no pátio do CTF, trabalharam temas como o uso do capacete, a obesidade, a sustentabilidade, a prevenção ao uso de drogas e ao contágio de doenças sexualmente transmissíveis dentre outros.

Desfile com vários personagens.

Desfile promovido pela campanha Jovem Prudente, Sexo Consciente.

Produção científica

Hoje, o LPT conta com três projetos de Iniciação Científica Júnior (Pibic Jr) – integrados ao projeto Múltiplos Letramentos na Educação Profissional e Tecnológica, 12 bolsistas Pibic (UFPI e Fapepi) e 18 voluntários na Radiotec.

Reunião com bolsistas Pibic Jr e gravação de programas da Radiotec.

Reunião com bolsistas Pibic Jr e gravação de programas da Radiotec.

O bolsista Welton de Sousa Batista, do 3º ano de Informática, participou, em novembro, do 5º Simpósio Hipertexto e Tecnologias na Educação & do 1º Colóquio Internacional de Educação com Tecnologias, na Universidade Federal do Pernambuco, na cidade do Recife. Ele apresentou um trabalho com o tema “Aprendendo com texto, som e imagem: redes sociais, produtos culturais e letramento digital na sala de aula”, resultado da sua pesquisa PIBIC.

Bolsista Welton Batista (à esq) e o coordenador do Laboratório Ribamar Batista em Congresso na cidade do Recife/PE.

Bolsista Welton Batista (à esq) e o coordenador do Laboratório, Ribamar Batista, em Congresso na cidade do Recife/PE.

Novas ações

Para 2014, a expectativa é equipar o LPT com dez computadores para a realização de oficinas de leitura e escrita, bem como o pleno funcionamento da biblioteca com empréstimos de livros para alunos do CTF e a comunidade em geral.

* Com colaboração do jornalista Luís Gustavo.

About labprotextual

Laboratório Experimental de Ensino e Pesquisa em Leitura e Produção Textual do Colégio Técnico de Floriano da UFPI sob coordenação do Prof. José Ribamar Lopes Batista Júnior. Colaboradora: Prof. Denise Tamaê Borges Sato (Governo do Goiás)

Posted on 17 de Janeiro de 2014, in Sem categoria. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s